ANJOS

CEMITERIO DAS IMAGENS

VAMPIROS

POESIA GOTICA

LUGARES ABANDONADOS


Opacity Crypt



 Desde que eu escrevi esse artigo eu tinha curiosidade por este mundo exploração urbana e eu fui à procura de sites sobre o assunto. O fato é que existe uma grande quantidade de informações lá fora, que vale a pena ser lido.
Eu decidi escrever sobre Opacidade em vez de qualquer outro lugar, porque mesmo este site não é atualizado, que muitas vezes,que contém uma grande quantidade de recursos e links que permitirão que todos os interessados para manter a investigar por conta própria apenas seguindo os links.
Como disse, ainda não atualizar tão rápido, opacidade tem uma quantidade impressionante de informações, Tom Kirsch, o proprietário do site, tem explorado um total de 172 lugares diferentes ao redor todo o mundo e enviou uma folha de todos eles de dados, ele oferece 230 diferentes galerias de fotos que incluem 7,494 fotografias diferentes e 100 wallpapers para nós para usar em nossos computadores, bem como dezenas de links muito interessantes. Simplesmente espetacular.
Se alguém ainda não tem certeza de que é isso de exploração urbana ou por que é tão especial, aqui estão algumas palavras escritas por Tom que tenta explicá-lo:

"Uma vez que um edifício já não serve o seu propósito, e toda a sua funcionalidade anterior deixa de existir, torna-se verdadeiramente fascinante. Cada quarto está se transformando em algo novo ao seu próprio ritmo, cedendo à água, gelo, vento e gravidade à medida que recuperar esse espaço criado pelo homem.

Os corrosão e pintura decadência cores vibrantes em superfícies sem luz, iluminado apenas pela luz natural do sol derramando em quartos em ângulos desacostumados. Cada objeto deixado para trás se torna mais importante do que nunca, insinuando a vida antes de seu desuso. Mofado pastas cheias de avaliações psiquiátricas segurar análises clínicas relativas desenhos de um paciente em um porão úmido pingando sem luz. Um par de óculos opacos de aros de quadrados sentar em cima de uma grade escura na sala de controle da usina. Uma pilha de papéis empoeirados apressadamente grampeadas documentos a vida dos pacientes de tuberculose no hospital, desde a admissão, à morte, à necropsia, para o enterro.

Pisos colapso e as paredes da caverna em sem cuidados; se você se machucar, ninguém está aqui para ajudá-lo. Este é um mundo alienígena solitário cuja cantos e paredes descascadas escuro ter começado um porão de mim e muitos outros; essa afinidade para as estruturas abandonadas e emoção muitas vezes perigosa é a essência do núcleo de exploração que me leva a fotografar esses espaços. "

The sugar factory(Alemanha)

A fábrica de açúcar foi construído em 1872 e inaugurado em 1873, assim, no momento de escrever estas linhas é de 141 anos de idade. Hoje em dia é uma propriedade privada abandonada desde 23 anos e ele está localizado na Turíngia (Alemanha). A fábrica foi concebida e originalmente usado como uma fábrica de açúcar, mas com o tempo ele foi usado como uma fábrica de chocolate, uma fábrica de motores de aeronaves (durante a Segunda Guerra Mundial) e como uma instalação de armazenamento de grãos (até nós encerramento).

Sugar factory,lugar abandonado goticos


La Crypte des Fleurs (Bélgica)

Primeira coisa que você precisa saber é que este lugar não é na verdade o nome "La Crypte des Fleurs", em vez disso o autor decidiu esconder o verdadeiro nome e localização do lugar a atividades de catadores difíceis. Também não há informações sobre a data cripta foi construída embora saibamos que o túmulo mais antigo é de 1885.

Tom descreve este lugar como muito bem conservada e bem como abandonado, descreve os undergrounds como um mundo esquecido em que lodo e ferrugem descem das áreas molhadas dos limites máximos para o chão. Este lugar tem um pouco de iluminação que vem de buracos estreitos no teto que permitem que a luz apenas o suficiente para passar para deixar os visitantes a pé sem a necessidade de qualquer luz extra tanto para ver ou para tirar a fotografia.

Da minha parte só para dizer que eu comecei a escrever este artigo com a ideia de não adicionar mais de uma foto a partir de qualquer lugar que eu adicionado aqui ... Mas não poderia fazê-lo, este lugar é tão bonito que eu tive que selecionar pelo menos 4 fotos para você, então a foto no início do artigo, e os três seguintes queridos estão a partir deste lugar.
Opacity abandoned lugar abandonado gotico
tombs abandoned  corredor abandonado para goticos
Urban exploration coffin corpse caixão abandonado gothic


Eagle River Power plant.


Tal como acontece com o lugar anterior, o verdadeiro nome e localização do lugar não está disponível no opacidade. O que podemos aprender com o que está escrito é que a usina foi construída em 1915 e inaugurada em 1925. fechado 60 anos depois, em 1985.
Essa usina usou o carvão que chegou através do rio para produzir eletricidade e nas palavras do explorador é tão bem conservado e contém tanta maquinaria que se não fosse para a ferrugem e corrosão ninguém diria que está pronto para começar a trabalhar novamente apenas amanhã. Como contrapartida desta exploração e assim você está ciente do tipo de riscos que os exploradores têm que tomar, eu tenho que dizer que o chão do lugar é cheio de alguns curtas de produtos químicos. Alguns quartos estão tão saturado de produtos químicos que Tom teve que deixá-los rapidamente em caso ele estava escrevendo algo potencialmente envenenando (você sabe, o curta de coisas que começam as invasões de zumbis).
Como eu me enganei com a cripta Eu não me importo de adicionar mais de uma foto para este lugar...
este é o
paradaise

 power plant abandoned lugar goticos abandonado
Opacity Urban exploration steampunk paradise


Leia Mais

A CAÇA ÀS BRUXAS

bruxa sendo queimada na era medieval
Será que você sabe o que aconteceu com os praticantes da bruxaria no passado?



Retiramos trechos de dois livros, talvez já conhecidos por vc, um livro: "Wicca, a feitiçaria moderna" e o outro: "A dança cósmica das Feiticeiras", para que tenha um pequeno conhecimento sobre a perseguição contra os pagãos.
"... Após a Igreja Católica ter sido formada e haver adquirido poder, os costumes dos Pagãos foram vistos como uma ameaça ao sistema religioso recentemente estabelecido e a adoração dos Deuses da religião Antiga, foi banida. Os antigos festivais foram superados pelos novos feriados religiosos da Igreja, e os antigos Deuses da Natureza e da Fertilidade, transformados em terríveis e maléficos demônios e diabos. A igreja patriarcal chegou até a transformar várias Deusas pagãs em diabos masculinos e maus, não somente para corromper deidades da Religião Antiga, como, também para apagar o fato de o aspecto feminino ter sido objeto de adoração.


No ano de 1233, foi instituído o Tribunal Católico Romano, conhecido como Inquisição, numa tentativa de terminar com a heresia. Em 1320, a Igreja declarou, oficialmente, que a Bruxaria, e a Antiga Religião dos Pagãos constituíam um movimento e uma "ameaça hostil" ao Cristianismo. Os bruxos tornaram-se heréticos e a perseguição contra todos os Pagãos, espalhou-se como fogo selvagem por toda a Europa. É interessante notar que, antes de uma pessoa ser considerada herética, ela tem, primeiro, que ser cristã, e os Pagãos nunca foram cristãos. Eles sempre foram Pagãos.
Os Bruxos (junto com um número incalculável de homens, mulheres e crianças inocentes, que não eram Bruxos), foram perseguidos, brutalmente torturados, por vezes violados sexualmente ou molestados, e, então, executados pelas autoridades sádicas, sedentas de sangue da Igreja, que ensinavam que seu Deus era um Deus de amor e compaixão. A Bruxaria na Inglaterra tornou-se uma ofensa ilegal no ano de 1541, e, em 1604, foi adotada uma Lei que decretou a pena capital para os Bruxos e Pagãos.

Quarenta anos mais tarde, as 13 colônias na América do Norte, decretaram também a pena de morte para o "crime de bruxaria". No final do século XVII, os seguidores que permaneciam leais à Religião Antiga, viviam escondidos, e a Bruxaria tornou-se uma Religião subterrânea secreta após uma estimativa de um milhão de pessoas ter sido levados à morte na Europa e mais de trinta condenados em Salem, Massachusetts, em nome do cristianismo.
Embora os infames julgamentos das Bruxas de Salem, em 1692, sejam os mais conhecidos e bem documentados na história dos Estados Unidos da América, o primeiro enforcamento de um Bruxo na Nova Inglaterra realmente aconteceu em Connecticut, em 1647, 45 anos antes que a história contra a Bruxaria se abatesse na Vila de Salem. Ocorreram outras execuções pré-Salem, em Providence, Rhode Island, em 1622. O método mais popular de extermínio dos Bruxos na Nova Inglaterra era a forca. Na Europa,, a fogueira. Outros métodos incluíam a prensagem até a morte, o afogamento, a decapitação e o esquartejamento.
Durante 260 anos, após a última execução de um Bruxo, os seguidores da Religião Antiga mantiveram suas práticas pagãs ocultas nas sombras do segredo e, somente após as Leis contra a Bruxaria terem sido finalmente revogadas na Inglaterra, foi que os Bruxos e Pagãos, em 1951, oficialmente saíram do quarto das vassouras..."
Star Hawk, em seu livro A DANÇA CÓSMICA DA FEITICEIRA nos traz:
"... O cristianismo, em seus primórdios, trouxe poucas mudanças. Os camponeses viam na história de Cristo somente uma versão nova de suas próprias lendas antigas sobre a Deusa Mãe e sua Criança Divina, que é sacrificada e nasce novamente. Sacerdotes rurais, com frequência, comandavam a dança nas assembleias ou grandes festivais." Os covens, que guardam o conhecimento das forças sutis, eram clamados de Wicca ou Wicce, da palavra de raiz anglo-saxã, significando "curar ou moldar". Eram aqueles que podiam moldar o invisível de acordo com suas vontades. Curandeiros, professores, poetas e parteiras eram figuras centrais em todas as comunidades.
bruxas na fogueira

A perseguição começou lentamente. Os séculos XII e XIII assistiram ao renascimento de aspectos da Antiga Religião através dos trovadores, que escreviam poemas de amor para a Deusa sob o disfarce de damas da nobreza da época. Catedrais magníficas foram construídas em homenagem a Maria, que havia incorporado vários aspectos da antiga Deusa. A Feitiçaria foi declarada como um ato de heresia e, em 1324, um coven irlandês liderado por Dame Alice Kyteler foi levado a julgamento pelo bispo de Ossory por veneração a um deus não-cristão. Dame Kyteler salvou-se em virtude de sua condição social, mas os seus seguidores foram queimados.
Guerras, cruzadas, pragas e revoltas campesinas assolaram a Europa nos séculos que se seguiram. Joana D'Arc, a "DonzeIa de Orleans", conduziu para a vitória os exércitos da França, mas foi queimada como uma bruxa pelos ingleses. Donzela é um termo de muito respeito em Feit;çaria e foi sugerido que os camponeses franceses amavam tanto Joana D'Arc por ser ela, na verdade, uma líder da Antiga Religião." A estabilidade da Igreja havia sido abalada e o sistema feudal começara a ruir. O universo cristão foi tomado por movimentos messiânicos e revoltas religiosas e a Igreja não podia mais tolerar com tranquilidade os seus rivais.
Em 1484, a bula papal de Inocêncio VIII liberou o poder da Inquisição contra a Antiga Religião. Com a publicação do Malleu,5 Maleficarum* dos dominicanos Kramer e Sprenger, em 1486, o terreno encontrava-se preparado para um reinado de terror que manteria a Europa em suas garras até a metade do século XVII. A perseguição era direcionada mais intensamente contra as mulheres: de um número estimado em nove milhões de bruxos que foram mortos,* 800/o eraríi mulheres, incluindo crianças e moças, as quais, acreditava-se, haviam herdado o "mal" de suas mães. O asceticisrijo do cristianismo primitivo, que negava o universo carnal, havia degenerado, em algumas alas da Igreja, em ódio àqueles que traziam esta sensualidade consigo. A misoginia, o ódio às mulheres, transformou-se em forte elemento no cristianismo medieval. As mulheres, que menstruam e dão à luz, eram identificadas com a sexualidade e, conseqüentemente, com o maléfico. "Toda a bruxaria advém da luxúria carnal, a qual nas mulheres é insaciável", afirmava o Malleus Maleficarum.

O terror era indescritível. Uma vez denunciada por qualquer pessoa, desde um vizinho maldoso até uma criança agitada, a bruxa sob suspeita era repentinamente presa, sem aviso prévio e não lhe era permitido que voltasse para casa. Ela era considerada culpa da até que fosse provada a sua inocência. A prática comum era desnudar a vítima, raspar-lhe os pêlos completamente na esperança de encontrar as "marcas" do diabo, as quais poderiam ser verrugas ou sardas. Com frequência, a acusada era espetada, em todo o seu corpo, com agulhas compridas e afiadas; acreditava-se que os pontos em que o Diabo houvesse tocado fossem indolores. Na Inglaterra, a "tortura legal" não era permitida, mas os suspeitos eram privados de sono e submetidos a lenta insanidade antes de serem enforcados. No continente, toda atrocidade imaginável era praticada - a roda, os apertadores de polegares, "botas" que quebravam os ossos das pernas, surras terríveis - a lista completa dos horrores da Inquisição. Os acusados eram torturados até que assinassem confissões preparadas pelos inquisidores, até que admitissem as suas ligações com Satã e as práticas obscuras e obscenas, as quais nunca fizeram parte da verdadeira Feitiçaria.
Ainda mais cruel, eram torturados até que dessem os nomes de outras pessoas, até que a cota de treze de um coven estivesse completa. Com a confissão obtinha-se uma morte mais misericordiosa: o estrangulamento antes da fogueira. Suspeitos recalcitrantes, que sustentavam a sua inocência, eram queimados vivos.

Caçadores de bruxas e informantes eram pagos por condenações e muitos consideravam esta uma carreira lucrativa. A instituição médica masculina, em ascensão, acolheu com prazer a chance - Em geral as bruxas são mulheres. A opção pelo gênero pretende incluir os homens e não excluí-los - de eliminar as parteiras e os herbanários dos vilarejos, seus principais concorrentes econômicos. Para outros, os julgamentos de Feiticeiras davam-lhes a oportunidade de se verem livres de "mulheres petulantes" e vizinhos indesejados.
As Feiticeiras afirmam que poucos daqueles que foram julgados à época das fogueiras, na realidade, pertenciam a covens ou eram membros da Arte. As vítimas eram pessoas idosas e senis, mentalmente perturbadas, mulheres cuja aparência era desagradável ou sofriam de alguma deficiência física, beldades locais que machucaram os egos errados por terem rejeitado suas investidas ou que haviam despertado ardente desejo em um padre celibatário ou num homem casado.
Homossexuais e livres-pensadores também eram apanhados nessa mesma rede. Às vezes, centenas de vítimas eram mortas em um só dia. No bispado de Trier, na Alemanha, duas aldeias permaneceram com somente uma mulher cada, após os julgamentos de 1585.
Leia Mais

MUSEUS DE TORTURA DA EUROPA ORIENTAL

spiked collar colar pra tortura

Suponha que a maioria de vocês já ouviu falar sobre inquisição Europeia (Espanha sabe muito sobre isso), mas eu não tenho certeza se você sabe que muitas cidades ainda manter esses instrumentos de tortura e que alguns deles podem ser visitados em museus.
O que eu não sabia é que a Europa oriental é cheia de tais museus, parece que eles são bastante populares nessas áreas. O fato é que praticamente qualquer cidade de tamanho médio, que teve um passado sádico tem um daqueles nelas.
Dessa forma, podemos encontrar um museu de tortura lugares un como Viena, Praga, Tallinn, Zakopane, Keszthely ou San Petersburgo, você também pode encontrar um em Amsterdã (Não oriental Europa, apenas mencionou que no caso de você estiver viajando lá). Nesses lugares você vai encontrar alguns instrumentos "não-saudáveis" concebidos para causar o maior tormento possível sem matar a vítima ... ou pelo menos não matá-lo rápido demais.
Felizmente para nós todas as autoridades entendem que a tortura não é uma boa maneira para obter uma confissão, porque a vítima iria confessar qualquer coisa necessária para parar a tortura. Outra sorte é que as autoridades religiosas agora não condena os seus condenados à "limpeza através da dor" ... Isso relegar esses instrumentos para causar surpresa, curiosidade olha e talvez um pouco de repulsa, de fato, existem alguns que causa dor só de olhar para eles.

Vaginal torture instrument inquisition medieval arma para tortura medieval genital
((Este pequeno brinquedo foi concebido para abrir lentamente para dentro do ânus sua vítima, que causaria enormes lágrimas internos, para além da dor que faria com que essas feridas internas irá causar uma enorme infecção que mataria a vítima em poucos dias. Utilizou-se a punir as mulheres que tiveram relações sexuais com o diabo. Não existiam versões deste instrumentos para a boca (que poderia causar o deslocamento e, em seguida, quebrar o maxilar e genitais).
Como sabem, a "Santa" Inquisição aplicado este tipo de métodos com a impunidade para ninguém que os que se opõem, se rebelou contra a situação estabelecida ou apenas para quem estava por perto quando o bispo estava entediado.

Praga detém um dos melhores coleção de instrumentos inquisição tortura no mundo, eu diria que é o mais completo, não só da Europa, mas também do mundo. Alguns deles causar dor apenas com a imagem mental de como eles poderiam ser usados ​​e fica pior maneira quando alguém explicar-lhe os efeitos que eles podem causar. Parece que na dor ajuntando o melhor situado é o Iron maiden (ao seu lado a banda de heavy metal de mesmo nome se parece com as irmãs de caridade) e os cintos de castidade (tanto para homens e mulheres).
Iron maiden torture instrument inquisition
(a (in) famoso Iron maiden foi um curta de caixão que tinha grandes picos para o interior. Esses picos onde estrategicamente posicionados para não causar a morte da vítima também em breve, mas para causar a morte por hemorragia interna. Com a vítima dentro do caixão foi fechado e, em seguida, a vítima penetrado por dezenas de picos de braços, pernas, ombros e qualquer área não vital. alguns Iron Maidens ainda tinha alguns pontos "regulamentados" para penetrar nos olhos sem atingir o cérebro da vítima. Quando o caixão foi fechada a vítima poderia considerar a própria morte, embora a agonia pode durar até três dias. Erzsébet Bathory usado um daqueles para seu próprio prazer).
No museu Praga você também vai encontrar descrição com mais detalhes do que o escrito acima sobre como o instrumento foi utilizado e do tipo de lesões que podem causar para o deleite do sadomasoquista que quer ter mais informações sobre este tipo de instrumentos.
Outra informação relevante que podemos encontrar em Praga é sobre como eles realizaram a caça às bruxas, como eles julgaram as bruxas e do tipo de torturas aplicadas a eles, dependendo seus pecados.

Em geral, este tipo de museus são pequenos, graças a Deus não há "que muitos" instrumentos de tortura por isso não podemos encher salas e quartos deles ... bem em ação a maioria dos instrumentos que existem existe em nome de deus sooo ... bem de qualquer maneira, o fato é que a visita a museu Praga não vai demorar mais de 45 minutos, o museu está localizado entre Charles ponte e da praça da cidade velha.
Museu Tallinn na Estónia é um pouco menor do que um de Praga, mas você pode encontrar alguma variedade nos instrumentos não como alguns sapatos dolorosos à procura que eram pequenos demais para serem usados ​​e que faria com que os pés para quebrar ao inseri-lo no lugar. Eles também têm um curto espaço de cadeira de pontas que seria usado por hereges ou bruxos, que poderia causar algum curto de empalamento.
confessions chari torture inquisition cadeira da tortura
(esta cadeira era feita de metal, que foi usado para obter confissões, teve picos que penetram a vítima, por vezes, eles acendiam uma fogueira sob a cadeira que faria com que a vítima ... ser cozido ?. A cadeira tinha algumas tiras que poderia ser usado para esmagar a vítima contra a cadeira).

Bem, aqui termina a nossa visita a Europa Oriental museus de tortura, antes de sair eu te mostrar mais alguns instrumentos de tortura e um vídeo do museu Praga. Aproveite.
head crusher torture inquisition medieval
(Este foi usado para esmagar as cabeças ... Primeiro os dentes iria quebrar ou penetrar a , em seguida, os olhos possa escapar-se as suas órbitas como eles foram pressionados pelo cérebro, finalmente, o crânio iria quebrar, em alguns casos, o cérebro iria escoar-se pela ouvidos, devido à enorme pressão interna.
stocks medieval torture inquisition
(isso triturar os ossos da perna de ninguém, se a vítima sobreviveu ao sangramento então precisaria as pernas para ser amputado porque suas pernas seria bem além de qualquer cura possível).
inquisition torture medieval
(Você vai encontrar um presente em filmes antigos medievais Se você é de estatura baixa, então esta é com certeza a solução perfeita A vítima foi amarrada e, em seguida, puxou até que suas articulações não podia segurar mais, em seguida, pernas e braços, onde deslocado;.. Foi possível extrair completamente alguns membros apenas puxando a utilização deste dispositivo.
Leia Mais